Tag Archives: moonkin

Rotação de Druid Balance ou – pra que serve aquele solzinho e aquela luinha?

2 fev

Hoje, como sou uma pessoa feliz depois de algumas tentativas bem legais em BoT [conto com detalhes logo!] e de descobrir que meu dps está a caminho de ser decente [YAY!], resolvi atrasar meu soninho pra finalmente fazer o post sobre a rotação do Moonkin.

Ela é toda baseada nos Eclipses – lunar e solar – e na energia que faz com que eles aconteçam.

Mas… o que é um Eclipse?

Basicamente, é um buff que aumenta em 25% o seu dano em magias arcanas – no eclipse lunar – e em magias naturais – no eclipse solar. Tá, ótimo! 25% Uhul! Só que você deve prestar bastante atenção, pois o bônus só é aplicado à magias específicas, de acordo com o Eclipse… A divisão é a seguinte:

Magias arcanas: Starfire, Moonfire, Starfall – Eclipse LUNAR.

Magias Naturais: Wrath, Sunfire, Insect Swarm – Eclipse SOLAR.

Tá, bunitinho… e como que chega no Eclipse, tia?

Você começa o combate com a energia no zero. Tipo, assim:

Dependendo dos spells que você castar, a energia vai pender para um lado ou para outro, indo em direção a um dos dois eclipses. As magias arcanas dão energia solar, e as magias naturais dão energia lunar [sim, elas dão energia contrária às próprias]. Assim, se você começar sua luta castando só Wrath e Insect swarm, sua barra vai pender para o eclipse lunar, pois eles te dão energia lunar. Se você começar castando Moonfire e Starfire, sua barra vai pender para o eclipse solar, porque estes spells te dão energia solar. Parece complicado, mas na realidade é bem simples. E isso torna sua rotação realmente fácil! Basta prestar atenção na barra de energia.

Seu objetivo principal é ter muitos Eclipses, o mais rápido possível. Você faz isso da seguinte forma:

– Sempre, sempre caste os spells que dêem a energia necessária para o eclipse que está se formando. Se você castar os spells ‘opostos’ você não perde energia, mas também não ganha, o que não te dá vantagem nenhuma.

– Toda vez que o Starsurge estiver fora do CD, use ele. Além de dar um dano muito amiguinho, ele é um coringa e te empurra em 20 pontos pro rumo do eclipse mais próximo, tanto faz se solar ou lunar.

– Mantenha sempre seus DoTs up – Moonfire/Sunfire e Insect Swarm. O dano que eles dão dá a chance do Shooting Stars procar, e te dar um Starsurge fora do cooldown e sem custo de mana. Ou seja, dano e energia ‘extras’! Sem contar que eu tenho a impressão que o Starsurge usado no proc do Shooting Stars crita com muita, mas muita facilidade.

Ok, cansei desse blábláblá, não entendi lhufas, mas quero saber: em que ordem eu jogo as magia nos bichinho?

Seguinte: Comece com Faerie Fire, Moonfire/Sunfire [dependendo de como ele estiver na hora], Insect Swarm. Um ou dois Wrath ou o Starfire [o que vc preferir… eu começo sempre com Wrath que tem cast mais rápido], pra barra começar a se mexer. Starsurge pra adiantar o Eclipse, e continuar castando a magia que te dá a energia que você precisa.

Se a sua setinha estiver indo pro Lunar: Mantenha seus DoTs up, caste Wrath, e Starsurge sempre que puder.

Quando chegar no Eclipse Lunar:

Renove os DoTs, caste Starfire e Starsurge sempre que puder. Essa é também a hora ideal de se usar Starfall, se for o caso.

Saindo do Eclipse Lunar, com a setinha rumo ao Solar:

Renove os DoTs, caste Starfire e Starsurge sempre que puder.

Quando chegar no Eclipse Solar:

Renove os DoTs [aqui seu Moonfire vira Sunfire], caste Wrath e Starsurge sempre que puder. Se precisar usar o comedor de mana Hurricane, essa é a melhor hora.

Saindo do Eclipse solar a setinha vai em direção ao Lunar, e o ciclo se repete. Bem simples, não?

Ah, e outra coisa: como saber quando o Eclipse chegou? Bom, fora o fato da setinha chegar no 100 [dãã] ele é especialmente escandaloso. Aparece bem grande, no meio da tela, o nome do Eclipse, junto com um sol piscante ou uma lua piscante. E pra completar, ele ainda destaca os spells que você deve usar, assim:

Destaque no Eclipse solar, Wrath destacado, com detalhe do Moonfire transformado em Sunfire [no 5]

Destaque no Eclipse lunar, Starfiredestacado, e Starsurge pronto para ser usado [mas sem ser instant cast. Quando é esse caso, ele brilha igual ao Starfire aqui]

Ou seja:só erra se quiser ou estiver conando!

Esse é o básico. Depois detalho mais a questão de AoE, o que fazer quando precisar se mover freneticamente e não puder castar, qual a melhor estratégia pra quests, trash mobs e bosses… tudo sai desse básico, mas cada um tem uma particularidade.

 

Eu tirei print das minhas binds… mas to com muito sono pra falar delas agora. Então amanhã complemento o post colocando elas, e explicando a minha mecânica de jogo, para que vcs palpitem se acharem necessário!

 

Até!